Arrow

Últimas Notícias

Endocardite infecciosa. Desconhecida mais muito perigosa.

Endocardite infecciosa. Desconhecida mais muito perigosa.

A endocardite infecciosa, também conhecida como endocardite bacteriana, é uma grave infecção provocada por bactérias que, ao circularem pela corrente sanguínea, podem se instalar nas válvulas do coração e inflamar, causando derrames e até a morte. Ocorre em qualquer idade e atinge principalmente o coração de pessoas que já possuem determinadas anormalidades congênitas e/ou adquiridas. Mas há casos em que as bactérias são suficientemente agressivas para infectar válvulas cardíacas normais. 
Pessoas que possuem cáries extensas e doenças periodontais avançadas, isto é, inflamações na gengiva e no periodonto (estruturas que sustentam o dente no osso), estão mais susceptíveis a desenvolverem a endocardite infecciosa do que aquelas com a saúde bucal em dia. O que muitos não sabem é que o dente é considerado um órgão vivo e em seu interior passam nervos e vasos sanguíneos que estão interligados com todo o restante do corpo. Por isso a importância da saúde bucal na manutenção da saúde geral e na qualidade de vida.
A endocardite infecciosa pode ser classificada em aguda ou subaguda. A endocardite infecciosa aguda possui início súbito com febre elevada (de 38,5°C a 40°C), frequência cardíaca aumentada, fadiga e dano rápido e extenso da válvula cardíaca. Pode levar a pessoa a óbito em poucos dias. Já os sintomas da endocardite infecciosa subaguda podem durar meses até que o diagnóstico fique evidente para o médico, sendo comum a fadiga, febre baixa (de 37°C a 38°C), perda de peso, sudorese e anemia. Uma vez confirmado o diagnóstico de endocardite infecciosa, o paciente deverá ficar internado por aproximadamente um mês com altas doses de antibióticos.  
Dicas que previnem a endocardite infecciosa: 
Escove os dentes após cada refeição
Use o fio dental 
Faça remoção periódica de tártaro
Se você é portador de qualquer problema cardíaco, não deixe de informar seu dentista antes de realizar procedimentos cirúrgicos, extrações ou tratamentos de canais.
Visite o seu dentista periodicamente
 Com essas medidas preventivas, você estará evitando o aparecimento de cáries e doenças periodontais e consequentemente diminuindo as chances de uma possível endocardite infecciosa.         
Mantenha uma boa saúde bucal e previna problemas em seu coração!
Fonte: Odontoprev

Compartilhe!

Leia outras notícias

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Acompanhe por e-mail

Connect-se!

Páginas Visitadas